Ação em parceria dos órgãos de alcance nacional produtores de registros administrativos, pesquisas sociais e censos. Tem por objetivo o fortalecimento e aprimoramento das informações estatísticas oficiais.

População: Contagem da População

Processo: Contagem da População
Sigla: CONTAGEM
Instituição Responsável: IBGE/DPE/GTD – Gerência Técnica do Censo Demográfico
Tema: População
Tipo do Processo: Censo
Situação do Processo: Ativo
Periodicidade: Eventual
Início: 1996
Ocorrência(s): 1996, 2007
Unidade(s) de Investigação: Domicílio; Pessoa.
Técnica de Investigação: Censitária

Histórico:

A crescente demanda por informações detalhadas em níveis municipais, necessárias ao planejamento e avaliação de políticas públicas, tornaram as estimativas de população para essas unidades político-administrativas fator preponderante de controle e análise das ações de planejamento.

Assim, a partir de 1989, o IBGE passou a ter a obrigação legal de fornecer anualmente estimativas municipais de população residente, em cumprimento a dispositivo constitucional, regulamentado pela Lei Complementar no 59, de 22 de dezembro de 1988.

A realização da Contagem da População de 1996, primeira operação censitária com estas características levada a efeito para o conjunto do País, vem ao encontro destas necessidades trazendo como principais objetivos subsidiar a atualização das estimativas de população em nível municipal, possibilitando aos usuários dispor de projeções precisas no período intercensitário.

Por razões de natureza orçamentária, a realização da Contagem da População, prevista para 2005, só ocorreu em 2007. Pelas mesmas razões não foi possível realizar a contagem em todos os 5 564 municípios do País e, após estudos, o IBGE concluiu que os recursos disponíveis permitiriam a realização da Contagem da População nos municípios com até 170 mil habitantes, ou seja, pouco acima do limite em que o efetivo populacional causa impacto direto nos valores repassados pelo FPM.

Objetivo:

A Contagem da População, assim denominada por ser uma operação muito mais simples do que um Censo Demográfico, é planejada para ser realizada no meio da década, com o objetivo de atualizar as estimativas de população no período intercensitário e atualizar a base cadastral do próximo Censo, incorporando as mudanças demográficas ocorridas no Território Nacional.

População Alvo:

População residente em 5 435 municípios onde, 5 414 possuíam até 170 mil habitantes e outros 21 municípios pertencentes a 14 Unidades da Federação com apenas um ou dois municípios com população acima de 170 mil habitantes.

Abrangência Geográfica:

A Contagem da População de 1996 recenseou todo o Território Nacional.

A Contagem da População 2007 abrangeu 5 435 municípios onde, 5 414 com até 170 mil habitantes. Como em algumas Unidades da Federação apenas um ou dois municípios ficariam fora desta faixa populacional, foram incluídos mais 21 municípios perfazendo 5435 municípios que abrangem 97% do total de municípios do País. Para os 129 municípios restantes a população de 2007 foi estimada.

Metodologia:

A coleta da Contagem 1996 foi realizada por meio de entrevista presencial com a aplicação de questionário em papel.

Uma grande novidade trazida pelos Censos 2007 é a tecnológica, com a substituição do tradicional questionário em papel pelo computador de mão ou Personal Digital Assistant - PDA. Esse equipamento digital já era utilizado em outras pesquisas do IBGE, entretanto foi a primeira vez que a Instituição fez uso desse recurso numa operação censitária. O PDA, intensivamente empregado na coleta de dados, trouxe inúmeras vantagens, dentre as quais estão a crítica imediata no momento em que os dados eram coletados, possibilitando a correção da informação no ato da entrevista; o preenchimento de todos os quesitos obrigatórios, evitando a não resposta por esquecimento ou erro do recenseador; a otimização do preenchimento dos dados a partir de saltos automáticos no formulário, dispensando a passagem por quesitos para os quais, eventualmente, não havia informações e otimizando o tempo do recenseador e do entrevistado; e a dispensa do transporte de grandes volumes de questionários em papel e o manuseio dos mesmos nos centros de captura de dados, proporcionando ganhos na precisão da informação e agilidade no seu processamento.

Uma vez que a Contagem da População 2007 possui como principal objetivo a atualização das estimativas populacionais de cada município, foi decidido estimar as pessoas residentes em domicílios fechados que por motivos vários não foi possível entrevistar seus moradores. Para tanto utilizou-se uma metodologia, denominada - Metodologia de Estimação do Número de moradores em Domicílios Fechados.

Durante a transmissão de apenas 11 setores, em nível Brasil, para o servidor central no Rio de Janeiro os mesmos foram perdidos ou danificados, restando, porém, os totais de domicílios particulares ocupados e das pessoas residentes.

Seguindo a mesma linha de raciocínio no que diz respeito ao aperfeiçoamento das estimativas populacionais em nível municipal, considerou-se relevante o aproveitamento desse contingente populacional já coletado, com 5 800 pessoas e 1 734 domicílios.

Principais Variáveis:
  • Situação Urbana e Rural
  • Unidades domiciliares
  • Sexo, Relação com a pessoa responsável pelo domicílio e Idade.
Documentação Operacional:
  • Manual do Recenseador: contém os conceitos, as definições, os procedimentos e as orientações necessárias ao desempenho da tarefa e as normas de preenchimento dos formulários digitais;
  • Mapa e descrição do setor: orienta o recenseador no setor de trabalho, mostrando, graficamente, a área a ser recenseada e a descrição de seus limites;
  • PDA (Personal Digital Assistant): computador de mão que está habilitado a registrar, armazenar e transmitir os dados coletados para o Banco de Dados do IBGE. No PDA estão contidos os seguintes formulários digitais:
  • Formulário de Registro de Endereços: utilizado para o registro de todas as informações referentes aos endereços das unidades visitadas pertencentes ao setor censitário;
  • Questionário de Coleta: utilizado para o registro de todas as informações sobre os domicílios e seus moradores; e
  • Formulário de Domicílio Coletivo: utilizado para identificar cada domicílio coletivo assim como seus moradores, listando as famílias e pessoas sós a serem recenseadas.
  • Manual da Supervisão, contempla as orientações para o Agente de Coleta Municipal - ACM;
  • PDA do Supervisor apenas com o Sistema de Supervisão da Coleta; e
  • Manual da Coordenação Técnica, contemplando as funções de Coordenador Técnico, de Área e de Subárea.
Época da Coleta:

No primeiro semestre de 2007.

Tempo Previsto entre o Início da Coleta e a Liberação dos Dados:

Aproximadamente 9 meses.

Nível de Divulgação:

Os resultados das Contagens populacionais de 1996 e 2007 foram divulgados para Brasil, Grandes Regiões, Unidades da Federação e Municípios e estão disponibilizados por meio de publicações impressas, CD-ROM, mapas e internet.

Formas de Disseminação:

Publicação impressa, publicação em CD-ROM, CD-ROM com microdados, no Portal do IBGE na internet: Publicação, BME, SIDRA e Banco de Metadados Estatísticos.

Lacunas Identificadas pela Instituição Produtora

-


© 2021 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística