Ação em parceria dos órgãos de alcance nacional produtores de registros administrativos, pesquisas sociais e censos. Tem por objetivo o fortalecimento e aprimoramento das informações estatísticas oficiais.

Boletim Estatístico da GFIP – BEG

Nome: Boletim Estatístico da GFIP
Sigla: BEG
Instituição Responsável: Ministério da Previdência Social – Secretaria de Políticas de Previdência Social – Coordenação-Geral de Estatística, Demografia e Atuária
Tema: Mercado de Trabalho regido pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT
Tipo de Processo: Registro Administrativo
Situação do Processo: Ativo
Periodicidade: Semestral
Início: 2º Semestre de 2010

Unidade(s) de Investigação: Estabelecimentos, valor devido declarado ao Regime Geral de Previdência social – RGPS, vínculos empregatícios, massa salarial, prestadores de serviço às empresas, pagamento aos prestadores de serviço.

Unidade(s) de Análise: Quantidade em unidade de estabelecimentos, vínculos empregatícios e prestadores de serviços; valores em milhares de R$ de valor devido declarado ao RGPS, massa salarial e pagamento aos prestadores de serviço; valores em R$ de remuneração média.

Técnica de Investigação: Censitária, no sentido que reúne dados de todos os registros administrativos ocorridos no período.

Histórico: O Boletim Estatístico GFIP foi criado no início de 2011, composto por 27 tabelas, das quais 19 contêm dados referentes ao último mês do semestre, sendo quatro de estabelecimentos de 15 de vínculos empregatícios, e oito com séries temporais de 2003 em diante, das quais duas são de estabelecimentos e seis de vínculos empregatícios.

Objetivo: Fornecer informações sobre o mercado de trabalho regido pela CLT, que forma a maior parcela de contribuintes do RGPS, contemplando dados de estabelecimentos, seus vínculos empregatícios e prestadores de serviço.

População Alvo: Trabalhadores regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT.
Abrangência Geográfica: engloba todo o território nacional.

Metodologia: A produção do BEG é centralizada na Coordenação-Geral de Estatística, Demografia e Atuária do Ministério da Previdência Social. O processo de produção ocorre semestralmente a partir da extração de dados do Data Mart CNIS mantido pela Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social – Dataprev e que reúne diversas variáveis alimentadas pelos cadastros de pessoas físicas e jurídicas e pelas informações declaradas por meio da Guia de Recolhimento ao FGTS e Informações à Previdência Social – GFIP. Esses dados extraídos são posteriormente formatados para compor as tabelas do BEG. Ao final, é montado o arquivo em PDF com o auxílio da Comunicação Social que realiza a elaboração da capa e a editoração eletrônica com base nas tabelas originais em Excel.

Principais Variáveis: Dentre os resultados divulgados pelo BEG, temos as seguintes variáveis por grupos:

  • Estabelecimentos: quantidade em unidade de estabelecimentos, vínculos empregatícios e prestadores de serviço, valores em milhares de R$ de valor devido declarado à previdência social, de massa salarial, de pagamento aos prestadores de serviço, classificados por grandes regiões e unidades da federação x opção ao SIMPLES, setor de atividade econômica x opção ao SIMPLES, classificados por grandes regiões e unidades da federação x porte do estabelecimento pela quantidade de vínculos empregatícios, setor de atividade econômica x porte do estabelecimento pela quantidade de vínculos empregatícios, mês/ano de referência x opção ao SIMPLES, mês/ano de referência x porte do estabelecimento pela quantidade de vínculos empregatícios.

  • Vínculos Empregatícios: quantidade em unidade de vínculos empregatícios e valores em R$ de remuneração média, classificados por grandes regiões e unidades da federação x sexo, grandes regiões e unidades da federação x faixa etária, grandes regiões e unidades da federação x faixa de remuneração em múltiplos do Salário-Mínimo, grandes regiões e unidades da federação x faixas de tempo de serviço, grandes regiões e unidades da federação x categoria do vínculo empregatício, grandes regiões e unidades da federação x faixas de exposição a agentes nocivos, faixa etária x sexo, faixa de remuneração em múltiplos do Salário-Mínimo x sexo, faixas de tempo de serviço x sexo, categoria do vínculo empregatício x sexo, faixas de exposição a agentes nocivos x sexo, setor de atividade econômica x sexo, setor de atividade econômica x faixas de remuneração em múltiplos do Salário-Mínimo, setor de atividade econômica x faixas de tempo de serviço, setor de atividade econômica x categoria do vínculo empregatício, mês/ano de referência x sexo, mês/ano de referência x faixa etária, mês/ano de referência x faixa de remuneração em múltiplos do Salário-Mínimo, mês/ano de referência x faixas de tempo de serviço, mês/ano de referência x categoria do vínculo empregatício, mês/ano de referência x faixas de exposição a agentes nocivos.

Documentação Operacional: Não há.
Época da Coleta: Entre setembro e outubro, os dados referentes ao primeiro semestre do ano, entre março e abril, os dados referentes ao segundo semestre do ano anterior.

Tempo Previsto entre o Início da Coleta e a Liberação dos Dados: de uma a duas semanas.
Nível de Divulgação: Unidades da Federação.
Formas de Disseminação: O BEG é disponibilizado em meio magnético com acesso via Internet ao sítio da Previdência Social, por arquivos em formato PDF e Excel.


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística