Ação em parceria dos órgãos de alcance nacional produtores de registros administrativos, pesquisas sociais e censos. Tem por objetivo o fortalecimento e aprimoramento das informações estatísticas oficiais.

Vigilância de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico – VIGITEL

Processo: Vigilância de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico
Instituição Responsável: Ministério da Saúde (MS)
Sigla: VIGITEL
Tema: Saúde
Tipo do Processo: Amostragem Probabilística
Situação do Processo: Ativo
Periodicidade: Anual
Início: 2006
Ocorrência(s): -
Unidade(s) de Investigação: Indivíduos maiores de 18 anos
Unidade(s) de Análise: Capitais
Técnica de Investigação: Questionário Telefônico

Histórico: -

Objetivo:

Monitorar a magnitude das DANT (Doenças e Agravos não Transmissíveis) e analisar seus determinantes sociais, econômicos, comportamentais e políticos para:

  • subsidiar políticas e estratégias de promoção da saúde
  • reduzir o nível de exposição de indivíduos e populações aos fatores de risco mais comuns para as DANT
  • fortalecer o sistema de saúde para o controle dos pacientes com DANT.

População Alvo:
2000 Indivíduos com 18 ou mais anos de idade em cada cidade

Abrangência Geográfica:
Capitais dos estados brasileiros e Distrito Federal

Metodologia:
A primeira etapa da amostragem do VIGITEL consiste no sorteio sistemático de 5.000 linhas telefônicas por cidade. Este sorteio, sistemático e estratificado de acordo com região ou prefixo das linhas telefônicas, é realizado a partir do cadastro eletrônico de linhas residenciais fixas das empresas telefônicas que cobrem as cidades.

A seguir, as linhas sorteadas em cada cidade são re-sorteadas e divididas em 25 réplicas de 200 linhas, cada réplica reproduzindo a mesma proporção de linhas por região da cidade ou prefixo telefônico.

A divisão da amostra integral em réplicas é feita, essencialmente, em função da dificuldade em estimar previamente a proporção das linhas do cadastro que serão elegíveis para o sistema (linhas residenciais ativas) e, portanto, o total de linhas a ser sorteado para se chegar a 2.000 entrevistas. No ano de 2008, a partir dos cadastros telefônicos das três empresas que servem as 27 cidades, foram sorteadas 106.000 linhas telefônicas (5.000 por cidade). No geral, foram utilizadas, em média, 20 réplicas por cidade, variando entre 17 réplicas em Belo Horizonte a 23 réplicas em Campo Grande.

A segunda etapa da amostragem do VIGITEL é executada em paralelo à execução das entrevistas, envolvendo, inicialmente, a identificação, dentre as linhas sorteadas, daquelas que são elegíveis para o sistema, ou seja, linhas residenciais ativas. Não são elegíveis para o sistema as linhas que correspondem a empresas, que não mais existem ou que se encontram fora de serviço, além das linhas que não respondem a dez chamadas feitas em dias e horários variados, incluindo sábados e domingos e períodos noturnos, e que, provavelmente, correspondem a domicílios fechados. No ano de 2008, no conjunto das 27 cidades, o sistema VIGITEL fez ligações para 106.000 linhas telefônicas distribuídas em 530 réplicas, identificando 72.834 linhas elegíveis.

Principais Variáveis:
Características demográficas e socioeconômicas dos indivíduos: idade, sexo, estado civil, etnicidade, nível de escolaridade, número de pessoas e cômodos no domicílio, número de adultos e número de linhas telefônicas

Características do padrão de alimentação e de atividade física associadas à ocorrência de DCNTs: freqüência do consumo de frutas, legumes e verduras e de alimentos fonte de gordura saturada e freqüência e duração da prática de exercícios físicos e do hábito de assistir televisão

Característica individuais e hábitos: peso e altura recordados, freqüência do consumo de cigarros e de bebidas, auto-avaliação do estado de saúde do entrevistado e referência a diagnóstico médico anterior de hipertensão arterial, diabetes e colesterol elevado.

Documentação Operacional:
Questionário de Coleta

Época da Coleta:
Durante todo o ano

Tempo Previsto entre o Início da Coleta e a Liberação dos Dados:
-

Nível de Divulgação:
Nacional com detalhamento por municípios

Formas de Disseminação:
Publicações e Internet


-


© 2017 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística