Ação em parceria dos órgãos de alcance nacional produtores de registros administrativos, pesquisas sociais e censos. Tem por objetivo o fortalecimento e aprimoramento das informações estatísticas oficiais.

Pesquisa Nacional sobre Demografia e Saúde – PNDS

Processo: Pesquisa Nacional sobre Demografia e Saúde
Instituição Responsável:Ministério da Saúde (MS)
Sociedade Civil Bem-estar do Brasil (BEMFAM)
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística ( IBGE)
Sigla: PNDSL
Tema: Saúde
Tipo do Processo: -
Situação do Processo: Ultima pesquisa realizada em 2006
Periodicidade: Eventual
Início: 1986
Ocorrência(s): -
Unidade(s) de Investigação:Domicílio
Unidade(s) de Análise: UF
Técnica de Investigação: Amostragem probabilística

Histórico:
Início em 1986. Realizada em 1991, 1996, e 2006. Neste último ano a pesquisa foi realizada por um consórcio de instituições lideradas pelo NEPO/UNICAMP

Objetivo:

Avaliar níveis e tendências de fecundidade, conhecimento e uso de métodos contraceptivos, amamentação e outros determinantes próximos da fecundidade, como proporção de mulheres casadas e/ou em união e duração da amenorréia pós-parto.

Estudar a saúde materno-infantil, mortalidade materna, DST/AIS, gravidez, assistência pré-natal e parto, principais causas de doenças predominantes na infância (diarréia e infecções respiratórias), imunização, estado nutricional e acesso à água e esgotamento sanitário. A pesquisa investiga, ainda, intenções reprodutivas e necessárias não satisfeitas de anticoncepção.

População Alvo:
Mulheres de 15 a 49 anos. Na versão de 1996 foi considerada um sub-amostra e, 25 % dos domicílios relacionados, da população masculina sobre conhecimento, atitudes e práticas relacionadas ao planejamento familiar, intenções reprodutivas, conhecimento e comportamento sexual em face da AIDS.

Abrangência Geográfica:
Em 1991, foi realizada somente na região nordeste. Nos anos de 1986 e 1996 foi realizada em âmbito nacional. A amostra foi desenhada para obter resultados representativos e estimativas independentes para todas as sete regiões do PNAD (RJ, SP, Sul, Centro-oeste, Nordeste, Norte e Centro-oeste) Além disto assegura estimativas independentes para os estados de MG, RN, BA, PE, CE e RS.

Metodologia:
Amostra probabilística, selecionada aleatoriamente em dois estágios. No primeiro estágio, selecionaram-se os setores censitários, com probabilidade proporcional ao número de domicílios em cada setor e, no segundo, os domicílios, considerando a representatividade dentro de cada setor.

Principais Variáveis:
Domicílio: Abastecimento de água, esgoto, telefone, eletricidade, eletrodomésticos, tipo de construção, alimentação, ajuda financeira, total de moradores,

Mulher: Reprodução, Anticoncepção, Acesso a medicamentos, Gravidez e parto, Amamentação e nutrição, Vacinação e saúde, Conjugalidade e atividade sexual, Planejamento da fecundidade, Características do cônjuge e trabalho da mulher, Peso, altura e circunferência da cintura, Coleta de sangue

Documentação Operacional:
Ficha de domicílio
Questionário Individual de mulheres

Época da Coleta: -

Tempo Previsto entre o Início da Coleta e a Liberação dos Dados:-

Nível de Divulgação:
Nacional com detalhamento por estado

Formas de Disseminação:
Publicações, internet


-


© 2014 IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística